sexta-feira, 8 de maio de 2009

LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA (LVC) REPASSEM

TrataLeishmaniose

Abordagens Atuais no Tratamento da Leishmaniose Visceral Canina

Parte 1 | Parte 2

Prof. André Luis Soares da Fonseca, M.Sc.
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS
Campo Grande/MS/Brazil

e-mail: afonseca@nin.ufms.br

A Leishmaniose Visceral Canina tem tratamento. O Tratamento da Leishmaniose Visceral Canina pode ser feito utilizando diferentes drogas. As drogas para o tratamento da Leishmaniose Visceral Canina são muito baratas e podem ser, inclusive, manipuladas em farmácias. O tratamento da Leishmaniose Visceral Canina exige compromisso tanto do Médico Veterinário como do proprietário. O tratamento da Leishmaniose Visceral Canina não é proibido. O que está proibido no Tratamento da Leishmaniose Visceral Canina é o uso de Medicamentos da linha humana, mas mesmo esta proibição de uso de Medicamentos para o tratamento da Leishmaniose Visceral Canina está sendo questionada judicialmente pois uma Portaria Ministerial não tem competência legal para proibir um tratamento de Leishmaniose Visceral Canina. Somente a Lei, em sentido estrito, pode impedir o tratamento da Leishmaniose Visceral Canina.
Nos tratamentos cujos resultados são apresentados a seguir, foram utilizadas as seguintes drogas: Alopurinol, Cetoconazol, Levamizol, Vitamina A, Zinco, Aspartato de L-arginina e Prednisona. Nunca utilizamos Glucantime ou Anfotericina B em nossos tratamentos. Toda medicação é realizada na casa do proprietário, ministrada através de comprimidos ou cápsulas.
IIn the process whose results are presented below, were used the following drugs: Allopurinol, Ketoconazole, Levamizol, Vitamin A, Zinc, Aspartate of L-Arginine and Prednisone. We never use Glucantime or Amphotericin B in our treatments. All medication is performed at home, given through tablets or capsules.


Veja Também:
Eutanásia de cães não resolve o problema da Leishmaniose

Bom Repelente do Mosquito para o Cão

Trata Leishmaniose
Trata Leishmaniose
Trata Leishmaniose
Trata Leishmaniose
Trata Leishmaniose
Trata Leishmaniose
Trata Leishmaniose
Trata Leishmaniose
Trata Leishmaniose
Trata Leishmaniose
Trata Leishmaniose

Antes Antes
Antes
Depois Depois
Depois
Antes Depois
ANTES DEPOIS
Antes Depois
Antes Depois

Trata Leishmaniose
Trata Leishmaniose
Trata Leishmaniose
Trata Leishmaniose
Trata Leishmaniose

Esclarecimentos Finais

  1. A Leishmaniose Visceral Canina (LVC) é uma doença infecciosa não contagiosa.

  2. As principais pessoas que contraem a doença são, de algum modo, imunodeficientes, em sua grande maioria.

  3. A LVC é uma doença totalmente tratável e curável clinicamente, mas como a grande maioria de doenças causadas por protozoários (ex: Doença de Chagas nos seres humanos), o portador geralmente não obtém a cura parasitológica, assim no cão como no ser humano.

  4. A Organização Mundial de Saúde não recomenda a eutanásia como método de controle da LVC. Porém, o Ministério da Saúde não aceita o tratamento e nem reconhece ou recomenda a vacina, a despeito de países de 1º mundo, como Espanha, França, Itália e Alemanha tratarem seus animais regularmente.

  5. A Constituição Federal do Brasil garante ao proprietário que o mesmo não é obrigado a sacrificar o seu cão, pois é sua propriedade, e se o Poder Público o fizer, poderá ser acionado por crime de Abuso de Autoridade (o servidor público) e ainda responder por danos materiais e morais, se assim o desejar o proprietário.

  6. Recomendamos o tratamento do animal desde que com o acompanhamento e responsabilidade de médico veterinário habilitado para garantia do proprietário, seu animal e de toda a população.

  7. Frisamos que os trabalhos científicos respeitáveis apontam como métodos efetivos de controle da doença o uso regular de coleiras e produtos inseticidas nos cães e o desenvolvimento de vacinas, não sendo, de modo algum, recomendada a eutanásia como método de controle da LVC.


Trata Leishmaniose

Trata Leishmaniose

Trata Leishmaniose
Ração Vendida na Europa, desenvolvida para cães portadores de Leishmania sp.

Veja a Continuação desta Matéria (Parte 2)

Assista também o vídeo sobre o tema

Vídeo sobre Leishmaniose

Notícias mais atuais do mesmo autor:

http://focinhosgelados.com.br/portal/modules/soapbox/article.php?articleID=14

21/10/2009


34 comentários:

  1. A D O R E I a matéria !!!

    Foi bastante esclarecedora.

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente, a cura da lesão de "pele" ou "pêlo" do cão (que é a lesão TEGUMENTAR), e mesmo a melhora de sintomas no cão com doença sistêmica(VISCERAL), não é garantia de que o animal deixe de ser reservatório da Leishmania. E não há garantia de que ele não possa contaminar.

    ResponderExcluir
  3. é bom saber que tem pessoas que nos dizem a verdade.
    Quem tem um cão sabe muito bem o sofrimento que pode trazer um sacrificio do mesmo.
    Eu tenho 3 caes e lutarei por todos.
    Se o tratamento existe é muito bom saber.
    Em Belo horizonte o pessoal de zoonoses so passam falando que o cao ta contaminado e querem sacrificar.
    Tenho 2 colegas em que os caes deles tiveram esta doença e foram tratados.
    Porque acabar com os caes se podemos acabar com os mosquitos.Basta um pouco de açao do governo.
    Vao todos que estao a favor de sacrificar os animais pro inferno

    ResponderExcluir
  4. É importante lembrar de fazer vários exames laboratoriais adicionais para a confirmação da doença, pois o resultado positivo para leishmaniose pode ter interferência de outras doenças como a babesiose e erlichiose (transmitidas pelo carrapato).

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pela matéria. Foi muito útil. no entanto, sou a fav da eutanásia para políticos, hipócritas, estupradores de todos os tipos e de idiotas que acham que a vida é segmentada e alguns animais têm mais direito a ela que autros. será que esses idiotas sabem que humanos são animais primatas (homo sapiens sapiiens)?Fazemos parte de um eco sistema animal,vegetal e mineral ao qual estamos destruindo de maneira irresponsável e nada sapiens.Meus bichinhos são meus bebezinhos.

    ResponderExcluir
  6. a melhor matéria que eu já li nesse ano de 2009!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. NOSSA! FIQUEI APAVORADA QUANDO ATRAVÉS DE EXAME A VETERINÁRIA ME DISSE QUE O "PINGO" ESTAVA COM ESTA DOENÇA. MAS ELA ME TRAQUILIZOU, ´POIS ACHEI QUE ELE SERIA SACRIFICADA. ESSA CULTURA DO SACRIFÍCIO ESTÁ SENDO PERPASSADA EM NOSSA SOCIEDADE. DEVERIA A PREFEITURA PROMOVER UMA CONSCIENTIZAÇÃO ACERCA DO TRATAMENTO, DISTRIBUINDO MEDICAMENTOS . NÃO PODEMOS CONTAR MESMO COM ISSO. VOU LUTAR ATÉ O FIM PELA VIDA DELE. ELE COMEÇOU O TRATAMENTO HÁ DOIS DIAS E ESTOU MUITO OTIMISTA..SÓ POR QUE É ANIMAL? E A DIGNIDADE DOS ANIMAIS? ELES MERECEM E TEM O DIREITO TAMBÉM DE VIVER SIM...COMO OS HUMANOS TAMBÉM..AI SE ALGUM SERVIDOR PÚBLICO TENTAR LEVÁ-LO PARA A EUTANÁSIA!!AI DELES....Belo Horizonte

    ResponderExcluir
  8. Fala-se em contaminação pós tratamento.Quem prova? Ninguém...Quando alguém questiona quem fez esta pesquisa? Quem prova que o cão é transmissor? Os pessimistas, coçam a cabeça e di zem NÃO SEI...E eu realizo tratamentos desde 1999
    e solicito pesquisa do parasito através da punção de medula e linfonodos dos cães tratados de 6 em 6 meses e são negativos. E ai?
    É a mesma coisa uma pessoa ter hepatite... Ela não é transmissora, todas as vezes que fizer a
    sorologia ela será positiva, o pior é que se aplica à leishmaniose as leis da Vig. Sanitária de 1945(em pleno 2009). Quando esta equipe vai se atualizar? E deixar de fazer terrorismo sanitário.Vão trabalhar, pesquisar e deixe os veterinários clinicos trabalhar em PAZ.
    PROTETORES DOS ANIMAIS vamos pressionar as autoridades pra trazer o santo MILTEFORAN é um medicamento oral, altamente eficaz, não é droga humana, e muito boa pra os cães velhos, sem rea ções adversas.
    XAU

    ResponderExcluir
  9. DEVERIAM TER COLOCADO FOTOS DE CRIANÇAS COM LVC AI TBM PARA VCS QUE NAO TEM O QUE FAZER, VER E ENTENDER COMO É O SOFRIMENTO DESSAS CRIANÇAS.PRINCIPALMENTE VCS QUE TRATAM OS ANIMAIS COMO SE FOSSEM HUMANOS. VAO PROCURAR O QUE FAZER E DEIXAR A VIG. SANITARIA TRABALHAR EM PAZ.

    ResponderExcluir
  10. DEVERIAM TER COLOCADO FOTOS DE CRIANÇAS COM LVC AI TBM PARA VCS QUE NAO TEM O QUE FAZER, VER E ENTENDER COMO É O SOFRIMENTO DESSAS CRIANÇAS.PRINCIPALMENTE VCS QUE TRATAM OS ANIMAIS COMO SE FOSSEM HUMANOS. VAO PROCURAR O QUE FAZER E DEIXAR A VIG. SANITARIA TRABALHAR EM PAZ.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade a cada dia ser humano está mais cruel com sua própria raça. Acham correto matar uma criança ou prendê-la à um poste seja por qual motivo for agora cachorro, gato e outros animais têm tratamento muito melhor !!!

      Excluir
  11. Isso é pra vc que escreveu o comentário ai em cima tá... Comcordo que devemos ver fotos de criança também, mas os animais tem sentimentos como um ser humano, ele sente fome, sede e dor. Então temos que cuidar sim dos nossos mascotinhos, e a vigilancia sanitária tem que ver outras coisas alem disso tá! Parabéns pra vcs que estão esclarecendo esse assunto... Feliz Natal

    ResponderExcluir
  12. Para o anônimo que escreveu o comentário negativo.
    Tem pessoas que lutam por crianças e pessoas que lutam pelo planeta (que engloba: animais, vegetais, ar...). Ainda bem que existe essa diversidade de pessoas, pois se só ouvessem pessoas que lutam pelas crianças, o mundo seria devastado por poluição, efeito estufa (o que não está mto longe de acontecer)e não sobraria mundo para as crianças viverem.
    Além disso, os que metem o pau, são os primeiros a não fazerem nada. Meu querido, vc já adotou uma criança órfã? Qual o nome da instituição para crianças que vc ajuda?
    Eu faço minha parte, ajudando instituições para animais abandonados e tenho 2 restatados das ruas que são especiais por problemas de saúde e comportamento.
    Eu arrumei o que fazer pra ajudar a melhorar o mundo e vc?
    Com certeza só fica sentado na sua casa, fazendo críticas maldosas sobre as pessoas que ajudam.

    ResponderExcluir
  13. Se a vigilância saitária e o Ministério da Saúde fossem sérios em vez de ter como política assassinar animais como forma de controle da Leishmaniose Visceral Canina, deveriam é fazer campanha de vacinação gratuita. Disponibilizando a vacina da LVC como forma de prevenção da doença, assim como já se faz com a vacinação de raiva.

    Não é nada inteligente achar que os proprietários de animais doentes vão simplesmente entregar seus animais de estimação para serem sacrificados. Agora, certamente as pessoas não se importariam em levar seus animais para vacinar gratuitamente e assim proteger a eles e a seus familiares.

    Política burra e demagógica.

    ResponderExcluir
  14. Parabéns pelo trabalho que fazem!
    Agradecemos, nós como seres humanos leigos no assunto da leishmaniose visceral e tegumentar em cães, pois com esse tipo de informação temos esperança e sabemos que existe uma forma de lutar contra essa doença.
    Quanto ao Monstro que escreveu um comentário acima, a Vigilancia Sanitária Não faz seu trabalho, por isso não deixamos de cobrar. Pois o dinheiro do NOSSO SUOR que pagamos de imposto tem que valer para alguma coisa.
    Keivy Amaral

    ResponderExcluir
  15. Também quero agradecer o esclarecimento... minha cachorrinha de 2 anos e 3 meses fez o exame e o resultado foi indefinido, concluindo o veterinário a sua infecção. Eu fiquei apavorada!!! Mas fui a outro veterinário e ele não afirmou nada ainda... tenho que fazer mais exames para confirmar, mas ele já me alertou que tem tratamento! Fico muito feliz em encontrar informações aqui. Obrigada!
    Quanto ao comentário negativo...
    Por que o governo só quer eliminar as consequencias dos problema e nunca a sua causa? Veja o exemplo da AIDS, desde quando se evita a AIDS incentivando a promiscuidade através do uso da camisinha? Por que nao fazem campanhas para que as pessoas sejam menos promíscuas e injetem o dinheiro gasto nessas campanhas em mais pesquisas?
    Desde quando vamos acabar com a LVC matando os animais? O que tem que ser eliminado é o mosquito!

    ResponderExcluir
  16. Sacrifiquei meu cao de 10 anos que estava com leishmaniose e estou arrependida. A veterinária disse que ele estava muito velho e que não resistiria ao tratamemento.Estou me sentindo como se estivesse mandado matar um filho pois ele era quase isso para mim , choro todos os dias, sinto que fui covarde e carrasca, e agora com quem vou dividir esta dor? Deveria haver vacinação contra esta doença nossos governantes só falam em saúde durante as campanhas eleitoreiras e depois o povo sofre as consequências. Estou muito triste com meu País.



























    Não consequimos nem combater um inseto o verdadeiro responsável pela disseminação da doença.

    ResponderExcluir
  17. Ciência
    | Saúde Pública
    Uma doença anunciada
    Infecção letal causada por parasita de uma só célula, a leishmaniose visceral avança sobre as cidades brasileiras
    Ricardo Zorzetto
    Edição Impressa 151 - Setembro 2008


    http://revistapesquisa.fapesp.br/?art=3632&bd=1&pg=1

    ResponderExcluir
  18. Meu cão é o meu melhor e único amigo... ainda não o levei no veterinario mas acho que ele esta com lvc porque alem de estar emagrecendo, está com hepatoesplenomegalia (fígado e baço inchados) e com as patas da frente um pouco duras (esticadas).... está também com pequenas feridinhas nas orelhas... ele vivia nas ruas, é um vira lata predominantemente pitt bull... o cão mais dócil e companheiro que já vi... mesmo sem saber se está realmente doente já sofro muito porque não sei se teria condições de pagar o tratamento... por favor, se alguem saber mais ou menos o preço do tratamento da lvc e onde em belo horizonte posso levar meu cão para iniciar o tratament me avisem... eu imploro... não quero que meu amigo vá embora... meu email é marcellinha_lima17@hotmail.com... entre em contato comigo se tiver alguma resposta... caso eu descubra alguma coisa a mais sobre o tratamento posso também informar atraves do email.. obrigada por tudo... fico muito feliz em saber que existem pessoas que reconhecem o valor dos animais

    ResponderExcluir
  19. concordo que deveriam colocar fotos de crianças lvc para que as autoridades que apenas pensam em eutanasiar os caes, fizessem a vacinação gratuita e que os mosquitos fossem o principal foco de destruição. Dos lixos dos humanos, das prefeituras e políticos safados (que por votos) deixam de educar pessoas que não tem noção de limpeza, de cuidados com seus animais, com a natureza que chegam destruindo tudo e jogando o lixo na cara dos outros. pagamos muitos impostos deveriam usar um pouco deles para a erradicação da LVC. controle de zoonozes deveria ser para ajudar ou é mais cabide de empregos? o mundo é de todos os seres, o que este povo pensa, animais merecem todo nosso respeito, também somos.que ótimo que existe tratamento para LVC. obrigado pela matéria.

    ResponderExcluir
  20. Alessandra Alcântara - BH/MG
    Muito Esclarecedora esta matéria, amei. Tenho vários cães e já perdi um para esta doença, mas o tratei com toda dignidade e ele só não resistiu ao tratamento porque estava muito debilitado. Se os "ditos" humanos infectados têm direito a vida porque nossos verdadeiros amigos não o têm? Quem disse que a vida humana é superior a qualquer outra? Sou contra a eutanásia e lutarei sempre pelos direitos dos animais, tanto dos meus como dos que não tiveram a sorte de ter um dono. Abraços a todos os donos responsáveis que lutam pelos seus amigos.

    ResponderExcluir
  21. Eu tenho uma cachorrinha abandonada que adotamos. Ela começou com umas lesões na pele, levei ao veterinário e ele disse que era piodermatite. Começamos o tratamento com shampoo manipulado e medicação via oral.
    Mas depois de 1 mes de tratamento, ele achou uns caroços e pediu imediatamente com urgencia, um exame de sangue, pois achou que pode ser leishmaniose. O resultado só vai sair daqui uma semana, mas ele mandou continuar com o tratamento e passou outro remedio para ajudar a aliviar.
    Fiquei mais aliviada ao encontrar essa página, onde tem explicações, pois ele me disse que não tem cura. Vou falar novamente com ele e lhe dar o endereço desta pagina.
    Se alguem souber o valor em media do tratamento, peço que me respondam, por favor.
    Pois não vou desistir de lutar pela vida da minha amiga, que ja faz parte da família.
    Ainda não sei se é e que tipo de leishmanise é, e gostari de saber se todo tipo tem cura. E se tem algum tipo que é contagioso, pois tenho um filho de 2 anos que adora brincar com ela.
    Quem puder me ajudar favor mande e-mail para cris.picinato@bol.com.br.
    Por favor, me ajudem a salvar minha cachorrinha se ela realmente estiver com essa doença.

    ResponderExcluir
  22. Não tenho nem palavras p agradescer o quanto foi exclarecedor essa matéria... Eu ainda não tenho certeza de que meu cachorro tenha a doença, mas pelos sintomas acho q ele tem sim... E quando liguei na clinica marcando com o veterinário me disseram q se tiver a doença vou ter q sacrificar, eu nem cojieti esta hipotese, mas não sabia o que fazer. Foi bom saber mais sobre a doença, agora sei o que fazer. Obrigado

    ResponderExcluir
  23. conheço pessoa que morrerão com a doença lvc por não querer entregar o ção eu , eu sinto muito tem entregado o meu ção para sacrificio mas preso mas pela saude da minha familia,
    so uma infornação a mas ha tratamento fisico mas o ção ainda continua a tem a doença e a transnitir eu agora pergunto vale a pena correr este risco sabendo que seus filhos pode pegar esta doença, acho que as pessoas não sabe como e tão sofrido uma criança fazer este tratamento poderiao pesquisar mas sobre esta doença na pessoa acho que iria mudar de ideia... sou veterinario perdir minha filha por causa dessa doença eu tratava meu ção ...

    ResponderExcluir
  24. aceu,comcordo que devemos tratar de nossos animais,ha caso é casos eu comcordo com a eutanásia,na maioria dos casos,emquanto vc pode cuidar do seu cão os menos fovorecidos não tem condições de cuidar da saúde de seus filhos,não vamos comparar a perca de um cão com a perca de uma pessoa,os sentimentos são bem diferentes.

    ResponderExcluir
  25. Boa Noite, vi que a matéria é sobre Leshimania visceral. Mas e para leshimania tegumentar. O tratamento também funciona? Tenho um cãozinho que está com leshimania tegumentar. Ele já está com quase 16 anos, é um vira-lata. Mas, o maior problema não é a leshimania, ele está cego, e machucou a córnea, teremos que tirar o olho. Acho muito egoísmo mantê-lo assim. Antes ele corria, brincava, sabia quem era quando chegava, hoje ele já não faz mais nada disso, só dorme! Estamos completamente perdidas sobre o que fazer. Queria saber sobre os tratamentos da leshimania tegumentar.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  26. Para o anonimo que escreveu que deveriam colocar fotos de crianças com "lvc".
    Esclarecimento:

    LVC significa leishmaniose visceral canina
    crianças pegam (LV) leishmaniose visceral.

    Antes de escrever bobagens as pessoas deveriam se informar primeiro e não falar oque vem na cabeça.

    ResponderExcluir
  27. Anti Especismo já!
    Quem falou que os homens são o centro do universo?
    Quem falou que os homens são os mais inteligentes?

    Imagine (e só imagine) se não houvesse animais no planeta, o que seria do SER que se julga tão inteligente?

    NUNCA sacrifique seu animal! ele que sem falar uma palavra te ajuda nas horas mais difíceis, que nunca te pediu nada, além de amor. Por que nessa hora difícil para ele nós o abandonariamos?

    Meu Toffee viverá até quando Deus quiser, e não até quando uma política pública mandar!

    Então vamos pensar:
    Se alguém da sua família tiver alguma doença incurável vamos mandar matar?
    Claro que não.
    E porque os animais matamos ?

    Esse ser humano "inteligente" é assim. Se coloca como centro do universo!

    Vou me formar veterinário em breve, mas nunca jurarei defender a saúde do homem frente a saúde dos animais !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. amigo, preciso comprar o remédio pra que eu, o centro do universo, me sinta mais seguro com o meu ´ser inferior´, meu cachorro, possa me sentir mais seguro!!! preciso da ajuda porque mesmo sendo o centro, não sei como fazer pra comprar e tratar meu cao. vc poderia me ajudar?? juliocampolina@hotmail.com

      Excluir
  28. Gostaria de saber qual onde está escrito na constituição que eu não sou obrigada a entregar meu cão. Preciso estar bem informada caso o pessoal da zoonose chegue querendo recolher meu cão.É verdade que se a gente se recusar a entregar o cão eles vão com mandado judicial?

    ResponderExcluir
  29. Ainda não ouvi esta hipótese.Se seu cão é portador e está em tratamento ninguém pode violar o domicílio.Por precaução mande email para o Pesquisador e Professor André Luis da Universidade de Mato grosso do Sul.Olhe o email no início desta matéria. Ele responderá a qualquer questionamento de todos que o consultarem com prontidão.
    Boa sorte! Graça Leal

    ResponderExcluir
  30. Gente,preciso de ajuda! Onde em BH encontro veterinários que já utilizam esse método alternativo??? Meu email é mary.marianasilvas@gmail.com ... Desde já agradeço muito!

    ResponderExcluir
  31. Achei este artigo seu muito interessante sobre o tratamento da leishmaniose, que tem inclusive fotos de cães antes e depois do tratamento.
    Pois bem, recebi esta semana o diagnostico de que minha amada cadelinha Lara esta contaminada, apesar de não ter apresentado qualquer sintoma.
    Gostaria de saber ser, por acaso, alguem pode me indicar alguma clinica aqui em Belo Horizonte que faça o tratamento contra a Leishmaniose. Gostaria de começar o quanto antes.

    Desde já agradeço,

    Att,

    Sirey - sirleyesilva@gmail.com

    ResponderExcluir
  32. Temos que fazer nossa parte. A Avisa e o governo federal têm obrigação de liberar o medicamento no Brasil !!!

    ResponderExcluir